É muito comum a presença desse ingrediente em bebidas energéticas, por exemplo. O que faz com que muitos acreditem que os efeitos deste produto se resumem a isso. Mas há muito mais que esta planta pode oferecer à nossa saúde.

Ginseng Siberiano

O Ginseng Siberiano — que tem por nome científico Eleutherococcus senticosus — é uma espécie de planta nativa da Ásia, mas também encontrada em vários outros lugares do mundo, como na Europa e China

Ginseng Indiano

O ginseng indiano é uma raiz extraída da planta de nome científico Withania somnifera, que tem efeitos medicinais, sendo mais utilizado na Índia para tratamentos dos sintomas de doenças, estresse e até a impotência sexual.

Ginseng Coreano

O ginseng coreano também é conhecido como ginseng vermelho ou ainda pelo seu nome científico, Panax ginseng. A planta não é vermelha, mas quando suas raízes são cozidas ou apenas aquecidas mudam de coloração, adquirindo esse tom.

Chá de Ginseng

Tomar chá de ginseng é bastante eficaz para dar energia a quem consome, a planta age como um tônico e era essa uma das finalidades para a qual já era usada na antiguidade. Por isso essa é a maior fama da Panax Ginseng.

Ginseng brasileiro

O ginseng do Brasil tem propriedades medicinais e de cura, é indicado para aliviar o estresse e o cansaço físico ou psicológico, para problemas estomacais e sanguíneos e para o fortalecimento do sistema imunológico.

O que é ginseng?

O ginseng é uma erva medicinal nativa da Ásia. O consumo geralmente acontece através do uso de sua raiz e folhas. A palavra hoje utilizada é derivada da raiz chinesa “ren shen” que em tradução direta quer dizer “raiz do homem”. Há mais de cinco mil anos atrás o ingrediente já era utilizado na China para obter efeitos rejuvenescedores.

E de fato há uma série de benefícios para a saúde de quem consome este produto. Vale lembrar que nem todo ginseng é o chamado "verdadeiro". É preciso que seja uma planta pertencente à família Panax para trazer os benefícios aqui mencionados.

Ginseng: para que serve

Para entender o uso do ginseng tomemos como exemplo os gêneros Panax quinquefolius, o ginseng americano, e Panax ginseng, o ginseng asiático. Eles possuem, em primeiro lugar, função energética.

E também colaboram para a redução do estresse, promovendo o relaxamento corporal. Este produto promove ainda níveis mais baixos de açúcar no sangue, apoiando o tratamento à diabetes. Vale deixar a nota de que a ideia largamente difundida de que o ginseng pode atuar no desejo sexual masculino, não é mentira.

Ginseng: benefícios

A aplicação do ginseng ao longo da história tem sido vasta. Devido ao seu valor energético, é comum o uso para evitar a fadiga. Portanto, pessoas que praticam atividades físicas regulares, ou vigorosas, podem se beneficiar deste produto.

Este mesmo princípio pode ser aplicado a quem precisa incrementar a capacidade mental. Especialmente nos casos em que a pessoa esteja se sentindo cansada e fraca. Pesquisas chinesas apontam que este ingrediente pode ajudar a melhorar o desempenho acadêmico.

Devido aos ginsenosídeos presentes nesta planta, ela possui também efeito anti-inflamatório. Ainda é relevante lembrar que este produto tem efeito antioxidante e pode ter inclusive efeito antidepressivo. Ele possui poder fortificante e revitalizante e também função diurética.

E são justamente os ginsenosídeos que vão atuar nas células de gordura. Some isso à energia renovada que você tem ao consumir este produto. O resultado desta combinação é que o ginseng emagrece.

Ginseng: como tomar

É possível tomar o ginseng em forma de chá ou através de cápsulas. Ambas as opções podem ser facilmente encontradas em lojas de produtos naturais. Quanto às cápsulas, elas também costumam ser encontradas em farmácias e lojas de suplementos alimentares.

No caso de investir nessa última forma de consumo do ginseng, tenha atenção à concentração do produto. As medidas podem variar entre os distribuidores. Para que o seu consumo do ingrediente seja seguro é importante prestar atenção a este detalhe.

Ginseng: contraindicação

O principal risco está relacionado ao consumo excessivo do ginseng. Acima da quantidade adequada, ele pode causar visão turva, diarréia, vômitos e até insônia. E estes são apenas alguns dos efeitos colaterais. É possível até chegar ao ponto da overdosagem. Neste quadro pode haver até mesmo convulsões e delírio. Busque orientação médica antes de consumir e fique atento às informações de segurança contidas nas embalagens.

É preciso ter cuidado também se você estiver fazendo algum tratamento medicamentoso. Quem toma antidepressivos que trabalham como inibidores da monoamina oxidase, por exemplo, deve evitar o ginseng. Assim como deve ser evitado por pessoas que fazem tratamentos cardíacos. Pois o efeito da medicação pode ser alterado. A mesma recomendação de cuidado vale para tratamentos ligados à coagulação do sangue.

O ginseng é um poderoso aliado da saúde. Não só para fortalecer o corpo, mas também para prevenir e combater diversos males. É claro que sendo tão forte, o consumo tem os seus poréns. Por isso é importante lembrar de ingerir este produto com moderação para evitar reações adversas. Afinal, como já lembrava a sabedoria popular, a medida entre o remédio e o veneno é a dose. Consumindo até 8 gramas diárias, você poderá usufruir do ginseng como o remédio que ele é.

Aprenda também sobre o kefir:

  • kefirdeagua.net: o kefir é uma "bebida viva" resultado do processo de fermentação a partir de uma colônia de bactérias benéficas para o nosso organismo. É um alimento riquíssimo em probióticos de alta qualidade.
  • kefirdeleite.net: pode ser cultivado em agua ou no leite e ambos tem grandes benefícios para a saúde. Quando é utilizado o leite, o kefir adquire uma forma mais consistente e seu sabor é mais avinagrado.

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 5/5 (1 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário